15:55 09 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    264
    Nos siga no

    Diversos tiros foram disparados da Coreia do Norte, atingindo um posto de fronteira sul-coreano na Zona Desmilitarizada entre os dois países, informou a agência de notícias Yonhap, citando o Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul.

    O posto atacado na manhã deste domingo (3) está localizado na cidade fronteiriça sul-coreana de Cheorwon, na província de Gangwon.

    "Estamos adotando ações por meio de linhas de comunicação inter-coreanas para entender a situação detalhada e evitar novos incidentes. E também mantemos uma postura de prontidão necessária", afirmaram os militares sul-coreanos, citados pela Yonhap.

    O Estado-Maior relatou que os militares sul-coreanos reagiram duas vezes após transmitir avisos. Nenhuma vítima ou dano foi relatado do lado sul-coreano.

    Desde 1953, após o fim da guerra da Coreia, os dois países foram divididos pela Zona Desmilitarizada, que serve de fronteira entre Seul e Pyongyang.

    A Zona serviu como local de encontro para os líderes das Coreias e dos Estados Unidos, enquanto os países tomavam medidas para retomar as negociações sobre o arsenal nuclear do Norte.

    Em fevereiro, a Coreia do Sul solicitou à UNESCO facilitação para o reconhecimento da Zona Desmilitarizada na fronteira com a Coreia do Norte como zona de paz internacional e garantia de segurança para os dois países.

    Mais:

    Coreia do Norte está preparando irmã de Kim Jong-un para sucedê-lo, noticia mídia
    Coreia do Norte aumenta suas atividades militares, diz Defesa sul-coreana
    Tags:
    Zona Desmilitarizada, relações bilaterais, tiros, Coreia do Norte, Coreia do Sul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar