11:39 31 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    190
    Nos siga no

    Pequim irá suspender as restrições de viagem na província de Hubei na quarta-feira (25), já que a luta do país contra a Covid-19 está produzindo resultados positivos.

    Nesta terça-feira (24), a Comissão de Saúde da província de Hubei anunciou que os residentes serão novamente autorizados a viajar dentro e fora da província, a partir de 25 de março.

    A proibição de viagens na cidade de Wuhan, capital da província e epicentro do surto de coronavírus do país, será suspensa no dia 8 de abril, comunicou a Reuters.

    A comissão informou que as pessoas poderão sair com base no uso de um código de saúde.

    Wuhan foi a primeira cidade na China a ser colocada em quarentena e, juntamente com várias outras grandes cidades de Hubei, permaneceu em isolamento desde o final de janeiro, como parte de um esforço nacional para desacelerar a propagação da doença.

    Sinais de melhora

    Pequim começou a atenuar o isolamento em algumas partes de Hubei na semana passada, já que a situação de saúde mostrou sinais de melhora. Equipas médicas destacadas para a região durante os primeiros dias do surto começaram a deixar a região e os hospitais temporários foram fechados.

    Enfermeira atende pacientes infectados pelo coronavírus em Wuhan
    © AP Photo / Xiao Yijiu
    Enfermeira atende pacientes infectados pelo coronavírus em Wuhan

    Na China, o número de novas infecções por coronavírus diminuiu notavelmente nos últimos dias, enquanto o número de casos positivos importados de viajantes que chegam ao país aumentou.

    De acordo com a Comissão de Saúde do país asiático, até 24 de março, 3.277 pessoas morreram na China continental e 81.171 foram infectadas. Um total de 73.159 pessoas já se recuperou da doença.

    Mais:

    China não registra novos casos do coronavírus pelo 2º dia, mas infecções de fora preocupam
    Cientistas chineses começam a recrutar voluntários para testar vacinas contra novo coronavírus
    Porta-voz da Chancelaria da China acredita que EUA podem ter levado o COVID-19 a Wuhan
    Tags:
    pandemia, COVID-19, novo coronavírus, Wuhan, Hubei, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar