20:30 03 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    683
    Nos siga no

    O diretor do Hospital Wuchang em Wuhan, Liu Zhiming, morreu na manhã desta terça-feira (18) depois que "todos os esforços para o salvar falharam", informou a emissora CCTV.

    Liu Zhiming tinha 51 anos de idade e se tornou o primeiro diretor de uma instituição médica na China a morrer da nova doença, cita a mídia.

    Segundo a emissora, o Hospital Wuchang, que tem 966 funcionários, foi um dos primeiros a aceitar pacientes com coronavírus.

    A morte de Liu foi anunciada inicialmente na segunda-feira (17) à noite pela Comissão de Saúde de Hubei. Entretanto, em uma mensagem de atualização, a comissão disse que o diretor do hospital estava vivo e lutando contra o vírus.

    Pelo menos seis outros trabalhadores médicos morreram na China devido ao vírus, enquanto outros 1.716 foram infectados, informou a AFP, citando números oficiais.

    Epidemia de pneumonia viral

    No final de dezembro, as autoridades chinesas relataram um surto de pneumonia de origem desconhecida na cidade chinesa de Wuhan, província de Hubei, causada por um novo tipo de coronavírus. A Organização Mundial da Saúde (OMS) nomeou a doença COVID-2019.

    Funcionários com máscaras de proteção são vistos na estação ferroviária de Xangai, na China, enquanto o país é atingido pelo surto do novo coronavírus, 7 de fevereiro de 2020
    © REUTERS / Aly Song
    Funcionários com máscaras de proteção são vistos na estação ferroviária de Xangai, na China, enquanto o país é atingido pelo surto do novo coronavírus, 7 de fevereiro de 2020

    De acordo com os últimos dados, o número de infectados na China ultrapassou 72.500 pessoas, morreram 1.868, mais de 12.500 recuperaram. No total, são 43.300 infectados e 1.874 falecidos no mundo.

    Mais:

    Todos cenários estão sobre a mesa, diz diretor-geral da OMS sobre surto de coronavírus
    China inicia produção do 1º medicamento contra o novo coronavírus
    Número de mortos por coronavírus na China aumenta para 1,7 mil
    Tags:
    epidemia, vírus, China, Wuhan
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar