14:25 22 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    120
    Nos siga no

    O Japão registrou a primeira morte de uma pessoa infectada pelo novo coronavírus, uma mulher de 80 anos, mas ainda não está claro se a causa do óbito foi a doença. 

    "É a primeira morte de alguém que testou positivo", disse o ministro da Saúde do Japão, Katsunobu Kato, segundo publicado pela agência AFP. 

    No entanto, ele esclareceu que "a relação entre o novo coronavírus e a morte do indivíduo ainda está incerta".

    De acordo com o governo, a mulher, que vive em Kanagawa, apresentou os sintomas em 22 de janeiro e foi hospitalizada em 1º de fevereiro. 

    Ao mesmo tempo, os casos confirmados no cruzeiro que está sob quarentena na costa japonesa aumentaram para 219. O navio está parado desde o início de fevereiro em Yokohama e ficará em quarentena até o dia 19. 

    Todas as pessoas com a doença, batizada recentemente de COVID-19, foram levadas para hospitais - cinco pacientes estão em estado grave. 

    Além disso, foram registrados 28 casos no território japonês, entre eles de pessoas repatriadas da província chinesa de Hubei, epicentro do novo coronavírus. 

    Número de mortes na China é de 1.367

    A idosa que morreu não tinha conexões com Hubei, informou a agência Kyodo. 

    Até o momento houve duas mortes pelo COVID-19 fora da China, da mulher japonesa e de um homem nas Filipinas. Além disso, uma pessoa faleceu em Hong Kong. 

    Após ser detectado na cidade de Wuhan, o vírus se espalhou para mais de 20 países. Foram registrados cerca de 60 mil casos no mundo e 1.367 mortes na China.

    Mais:

    OMS decide nomear doença causada pelo novo coronavírus de COVID-19
    Banco Central do Brasil pede 'cautela' e espera efeitos do coronavírus na economia
    Brasil segue livre de coronavírus com 8 casos suspeitos monitorados
    Cruzeiro recusado por 5 países com receio de coronavírus atracará no Camboja
    Exames mostram que brasileiros repatriados da China não têm coronavírus
    Tags:
    surto, epidemia, China, saúde, cruzeiro, doença, coronavírus, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar