14:19 22 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    150
    Nos siga no

    Órgãos de mídia da China relataram nesta manhã que o secretário do Partido Comunista na província de Hubei, Jiang Chaoliang, foi liberado de suas funções nesta quinta-feira, sendo apontado para seu lugar o atual prefeito de Xangai, Ying Yong.

    Hubei é o principal foco da doença respiratória que tem gerado grandes preocupações em todo o mundo desde o final do ano passado, a COVID-19, provocada pela infecção do novo coronavírus (2019-nCoV). 

    ​Atualmente, o número de mortos pelo novo coronavírus na província epicentro do surto já ultrapassa os 1.300, enquanto o número de casos é estimado em 48.200, segundo o novo tipo de diagnóstico anunciado ontem pelas autoridades chinesas.

    A nova cepa de coronavírus foi detectada pela primeira vez em um mercado de frutos do mar em Wuhan no final de dezembro e, desde então, se espalhou para mais de 25 países. No final de janeiro, a Organização Mundial da Saúde declarou o surto uma Emergência Global de Saúde de Preocupação Internacional. 

    ​As autoridades globais suspenderam o tráfego aéreo para a China, aumentaram os controles nas fronteiras e nos aeroportos e colocaram os viajantes com leves traços de sintomas de gripe em alas isoladas sob quarentena rigorosa.

    Mais:

    Coronavírus poderia infectar 60% da população mundial, afirma renomado médico
    Banco Central do Brasil pede 'cautela' e espera efeitos do coronavírus na economia
    Cruzeiro recusado por 5 países com receio de coronavírus atracará no Camboja
    Tags:
    Partido Comunista Chinês, Partido Comunista, OMS, contaminação, infecção, vírus, doença, surto, coronavírus, Wuhan, China, Hubei
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar