21:29 31 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    4183
    Nos siga no

    De acordo com o Ministério da Defesa de Taiwan, a China enviou suas aeronaves militares para o Pacífico Ocidental neste domingo (9).

    Na ocasião, a China enviou um caça Shenyang J-11, um bombardeiro Xian H-6 e um avião Shaanxi KJ-500, de sistema aéreo de alerta e controle. As aeronaves teriam voado através do canal de Bashi e do estreito de Miyako, ao largo da costa leste de Taiwan.

    ​A China está cometendo um grave erro se pretende distrair a população chinesa de sua incapacidade de conter o coronavírus através de política externa diversificada. Ao invés de enviar aeronaves para intimidar Taiwan, a China deveria considerar o envio de atualizações situacionais sobre a epidemia.

    Ao notarem a presença das aeronaves chinesas, as autoridades de Taiwan responderam imediatamente e enviaram suas aeronaves para acompanhar de perto a movimentação chinesa, segundo o Taiwan News. 

    Uma foto foi divulgada pelo ministério, mostrando caças F-16 de Taiwan portando mísseis enquanto escoltavam o bombardeiro chinês.

    Apesar do voo das aeronaves chinesas fazer parte de um exercício militar, Taiwan considerou a presença dos aviões como tendo impacto sobre a segurança e estabilidade da região.

    Mais:

    Xi Jinping diz a Trump que China está 'confiante e capaz' de combater coronavírus
    Tempestade perfeita: crise na China faz dobrar venda de carne brasileira para país
    China destina mais de R$ 44 bilhões para combater a propagação do coronavírus
    Tags:
    Bombardeiro, China, Taiwan, exercícios militares, exercícios aéreos, Força Aérea
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar