07:51 29 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    6241
    Nos siga no

    O Paquistão declarou emergência nacional depois da invasão de uma "praga bíblica" de gafanhotos.

    Os insetos já destruíram plantações e causaram grandes estragos na província de Punjab, a principal região agrícola do país, bem como em cidades ao longo da fronteira com a Índia. As autoridades consideram essa a pior praga de gafanhotos em décadas.

    "Estamos enfrentando a pior invasão de gafanhotos em mais de duas décadas e decidimos declarar emergência nacional para lidar com a ameaça", afirmou Firdous Ashiq Awan, conselheira do ministro da Informação e Radiodifusão do Paquistão.

    O primeiro-ministro, Imran Khan, convocou uma reunião e aprovou um plano de ação para combater a praga. Ele instruiu os ministros a tomarem medidas com base nos danos causados.

    O ministro federal para a Segurança Alimentar, Makhdoom Khusro Bukhtiar, observou que a mudança climática é uma das razões que explica a praga.

    ​Enquanto isso, os gafanhotos invadiram os céus na Arábia Saudita, com um vídeo a circular online mostrando o céu saturado de insetos.

    Isso porque os insetos costumavam migrar para o Irã depois de algum tempo. Entretanto, com as baixas temperaturas, eles permanecem no Paquistão.

    Além do Paquistão, a Arábia Saudita também sofre com a presença da "praga bíblica", que está transformando os dias em noites na região.

    A ONU está pedindo US$ 75 milhões (R$ 320 milhões) para combater a crise dos insetos, que já devastaram os países africanos.

    Mais:

    Cientistas encontram provas que confirmam ter havido uma guerra descrita na Bíblia (FOTO)
    Pastor cristão aponta trechos na Bíblia que seriam dedicados ao incêndio na Notre-Dame
    Pesquisadores da Bíblia encontram antigas inscrições hebraicas 'em local onde Deus chamou Moisés'
    Tags:
    Bíblia, Paquistão, praga, insetos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar