19:00 11 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1 0 0
    Nos siga no

    O governo chinês suspende a partir de hoje excursões ao exterior, cancelando as viagens em grupo com fins de turismo.

    A decisão do governo se enquadra em um conjunto de medidas que visam prevenir a propagação do coronavírus, de acordo com informação divulgada no site do Serviço Federal para Supervisão da Proteção aos Direitos do Consumidor e Bem-estar Humano da Rússia (Rospotrebnadzor).

    "A partir de 26 de janeiro, deixou de ser possível comprar passagens aéreas através de agências de viagens, as reservas de hotéis foram interrompidas. Medidas semelhantes foram aplicadas dentro da China a partir de 24 de janeiro", agrega o informe.

    Anna Popova, diretora do serviço russo, afirmou que se pode observar uma desaceleração da incidência de novos casos de infecção por coronavírus.

    A medida do governo chinês deve gerar uma forte pressão sobre os países vizinhos, cujas economias dependem da vinda de turistas chineses. O impacto da diminuição das reservas em hotéis já pode ser observado em países como a Tailândia e Filipinas após o cancelamento de viagens nos feriados do Ano Novo chinês.

    O setor de turismo chinês tem crescido exponencialmente ano após ano, levando números cada vez maiores de cidadãos chineses a viajar ao exterior. Boa parte dos casos observados de pacientes infectados com o novo coronavírus são pessoas provenientes da cidade chinesa de Wuhan, onde se acredita começou a propagação do vírus no final de dezembro de 2019.

    Mais:

    Futuros de ações dos EUA caem no comércio asiático devido a surto de coronavírus
    China cancela eventos esportivos por coronavírus
    Novo coronavírus é diferente dos anteriores e pode estar acelerando capacidade de propagação
    Tags:
    turismo, epidemia, vírus, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar