01:01 31 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1034
    Nos siga no

    As autoridades dos Estados Unidos vão enviar um avião neste domingo para retirar cidadãos da cidade chinesa de Wuhan, epicentro de um surto de uma nova forma de coronavírus que já matou 41 pessoas, informou o jornal The Wall Street Journal neste sábado, citando uma fonte familiarizada com a operação.

    Segundo a fonte, há aproximadamente 1.000 cidadãos americanos em Wuhan, e funcionários consulares estão em contato com aqueles que procuram deixar a cidade. Washington planeja enviar um avião Boeing 767 para a China, projetado para acomodar cerca de 230 pessoas, para evacuar funcionários consulares dos EUA e suas famílias.

    Os EUA já receberam permissão do Ministério das Relações Exteriores da China e de outras autoridades governamentais relevantes, informou a publicação. O pessoal médico estará a bordo da aeronave para monitorar os passageiros, afirmou a mesma fonte.

    Se as autoridades americanas falharem em suas tentativas de tirar cidadãos de Wuhan, Washington também está explorando a possibilidade de organizar viagens de ônibus para cidadãos americanos de Wuhan para outra cidade chinesa, como Xangai. Os EUA também fecharão temporariamente seu consulado em Wuhan em meio ao surto de coronavírus, prosseguiu o jornal.

    Equipe médica no Hospital Central de Wuhan, na China, atende a um paciente (foto de arquivo)
    © REUTERS / WEIBO / Hospital Central de Wuhan
    Equipe médica no Hospital Central de Wuhan, na China, atende a um paciente (foto de arquivo)

    Outros governos exploraram a possibilidade de retirar cidadãos e funcionários diplomáticos de Wuhan. Neste sábado, o assessor de imprensa da embaixada russa na China, Georgy Egorov, disse que Moscou está trabalhando com Pequim para organizar a evacuação de cidadãos russos da província de Wuhan e Hubei.

    O Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Sul também instou seus cidadãos a evacuar a província de Hubei, depois de elevar seu nível de ameaça ao nível mais alto possível neste sábado devido ao surto de coronavírus.

    Os primeiros casos do tipo desconhecido de pneumonia viral foram registrados na cidade chinesa de Wuhan no final de dezembro. Desde então, foi confirmado ser uma nova cepa de coronavírus. De acordo com os dados oficiais mais recentes, mais de 1.300 pessoas foram infectadas, com 41 pessoas mortas por contrair o vírus.

    Casos confirmados da nova cepa de coronavírus também foram registrados em Hong Kong, Taiwan, Tailândia, Japão, Vietnã, Coreia do Sul, Singapura, Nepal, França, Estados Unidos e Austrália. No entanto, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou na quinta-feira que era muito cedo para declarar uma emergência global.

    Mais:

    China envia médicos do exército para combater o coronavírus
    Coronavírus: Xangai fecha todos seus cinemas durante Ano Novo Lunar
    Família de brasileiros é isolada com suspeita de coronavírus nas Filipinas
    Tags:
    epidemia, OMS, evacuação, saúde, pneumonia, gripe, vírus, Wuhan, China, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar