00:41 26 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    270
    Nos siga no

    As autoridades da cidade chinesa de Wuhan, local de origem de um surto de coronavírus, planejam construir um novo hospital em 6 dias para receber pacientes afetados pelo vírus, informou a mídia chinesa nesta quinta-feira (23).

    O jornal Xin Jing Bao publicou que o hospital estará localizado nas proximidades de Wuhan e os planos para a construção devem ser elaborados até sexta-feira (24) à noite.

    Atualmente, não se sabe se o hospital será um prédio de um ou dois andares, porém novos detalhes sobre o empreendimento serão revelados em breve.

    Segundo publicou o Xin Jing Bao, o governo local disse que usaria a experiência anterior, de 2003, quando o hospital Xiaotangshan foi construído em Pequim para lidar com uma grave epidemia de síndrome respiratória aguda.

    O coronavírus foi detectado como uma pneumonia viral pela primeira vez em Wuhan, ainda no início de janeiro. O governo da China e a Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmaram que se trata do coronavírus, que está sendo chamado de 2019-nCoV ou novo coronavírus.

    A cidade de Wuhan foi isolada pelo governo chinês a partir desta quinta-feira (23) com um bloqueio do transporte público. O governo local também pede aos 11 milhões de habitantes da cidade que utilizem máscaras e evitem aglomerações.

    O vírus também foi detectado em Hong Kong, Macau, Taiwan, Tailândia, Coreia do Sul, Japão e nos Estados Unidos. Apesar disso, a OMS não declarou emergência global de saúde em torno do vírus. Mais de 600 pessoas foram infectadas pelo vírus até agora e pelos menos 18 pessoas morreram.

    Mais:

    Fatos: o que sabemos sobre o coronavírus que se espalha pela China e o mundo
    Ruas estão vazias e filas dos mercados estão cheias, diz brasileiro que vive em Wuhan
    Coronavírus ainda não é emergência global, mas comunidade internacional deve estar pronta, diz OMS
    Coronavírus: 300 mil pessoas deixaram Wuhan, na China, antes do isolamento
    Tags:
    Wuhan, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar