17:17 05 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    13502
    Nos siga no

    O líder norte-coreano, Kim Jong-un, declarou que Pyongyang está abandonando as moratórias em testes de mísseis balísticos nucleares e intercontinentais, informou a mídia estatal nesta quarta-feira (31).

    "Não há motivo para ficarmos unilateralmente presos ao compromisso", disse Kim à KCNA. "O mundo testemunhará uma nova arma estratégica a ser possuída pela República Popular Democrática da Coreia no futuro próximo."

    Kim declarou em 2018 que a Coreia do Norte não precisava mais de testes nucleares ou de mísseis balísticos intercontinentais. Esta nova declaração ameaça comprometer a diplomacia nuclear dos últimos dois anos entre Pyongyang e Washington, informa a agência de notícias AFP.

    A negociação entre os dois países está praticamente em um impasse desde a cúpula de Hanói, em fevereiro, e os norte-coreanos disseram que os Estados Unidos teriam até o final do ano para retomar as negociações sobre o programa nuclear, ou o país adotaria um "novo caminho".

    A declaração de Kim a um plenário completo do comitê central do Partido dos Trabalhadores deixou claro que a Coreia do Norte está disposto a viver sob sanções internacionais para preservar sua capacidade nuclear.

    Mais:

    Coreia do Sul realiza exercícios militares em ilhas disputadas com Japão
    Japão encontra barco com 7 mortos e acredita que sejam cidadãos da Coreia do Norte
    Kim Jong-un quer 'medidas ativas e ofensivas' para garantir soberania da Coreia do Norte
    Casa Branca promete reagir caso Coreia do Norte teste mísseis de longo alcance
    Por que chamas de motores de aviões russos e americanos têm cores diferentes?
    Tags:
    armas nucleares, Kim Jong-un, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar