00:58 24 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    14372
    Nos siga no

    Segundo revelações de The Washington Post, altos funcionários dos EUA têm frequentemente mentido sobre o envolvimento na guerra no Afeganistão.

    Os Estados Unidos se tornaram a principal ameaça à paz e à segurança globais, disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Hua Chunying, comentando um artigo do Washington Post sobre o conflito militar no Afeganistão.

    Nesta semana, o diário The Washington Post publicou documentos secretos e uma entrevista com funcionários norte-americanos que, segundo a fonte, testemunham que o governo dos EUA esteve escondendo a verdade sobre o conflito militar no Afeganistão.

    O jornal afirma que os documentos contradizem as declarações dos presidentes, chefes militares e diplomatas dos Estados Unidos, que ao longo dos anos garantiram aos americanos que houve progresso no Afeganistão e que valeu a pena os norte-americanos se envolverem nessa guerra.

    "O fato de que os Estados Unidos ainda não tenham aprendido essas lições representa um espetáculo miserável. Os Estados Unidos continuam inventando acusações para incitar guerras em todo o mundo, assassinando e prolongando o sofrimento. Os Estados Unidos tornaram-se, portanto, a maior ameaça à paz e à segurança globais, bem como o maior violador dos direitos humanos", disse a porta-voz.

    Mais:

    Moscou pretende incluir Irã no diálogo com EUA sobre Afeganistão
    Ataque aéreo no Afeganistão mata 53 militantes do Talibã
    Rússia envia pela 1ª vez sistema antiaéreo S-300 para fronteira com Afeganistão
    Tags:
    Afeganistão, Estados Unidos, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar