17:53 09 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    O míssil balístico intercontinental lançado pela Coreia do Norte

    Mídia: Coreia do Norte está 'ocupada' construindo plataformas para lançamento de mísseis

    © REUTERS / KCNA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    4241
    Nos siga no

    Coreia do Norte está construindo dezenas de plataformas para lançamento de mísseis intercontinentais de instalações móveis, diz mídia, acrescentando que esta seria a "ocupação" norte-coreana do momento.

    De acordo com o jornal The Asahi Shimbun, citando fontes americanas e sul-coreanas, os locais medem dezenas de metros de largura e são projetados para mudar os pontos de lançamento de mísseis, tornando difícil determinar sua localização com antecedência.

    Desde o início de novembro, a Força Marítima de Autodefesa do Japão implantou navios de guerra com o sistema de combate multiuso Aegis no mar do Japão (também conhecido como mar do Leste), no caso de "provocações militares" por parte de Pyongyang, destaca a edição.

    Recentemente, a Coreia do Norte realizou uma série de testes de lançadores múltiplos de foguetes (LMF) de grande calibre, abstendo-se de lançar mísseis balísticos intercontinentais. No entanto, dada a falta de progressos nas negociações entre os EUA e a Coreia do Norte, existe o receio de que Pyongyang regresse a testar míssil balístico intercontinental (ICBM).

    Testes de mísseis

    No dia 30 de novembro, Pyongyang realizou testes de míssil balístico intercontinental Hwasong-15.

    A altitude de voo no ponto máximo foi de 4.475 quilômetros, enquanto que o alcance correspondeu a 950 quilômetros. O voo durou 53 minutos e caiu na zona econômica exclusiva do Japão, a 250 quilômetros da região administrativa de Aomori.

    Líder norte-coreano Kim Jong-un inspeciona míssil balístico intercontinental Hwasong-14 em Pyongyang, Coreia do Norte
    © REUTERS / Agência de notícias estatal norte-coreana (KCNA)
    Líder norte-coreano Kim Jong-un inspeciona míssil balístico intercontinental Hwasong-14 em Pyongyang, Coreia do Norte

    Especialistas militares japoneses e americanos não excluem que o míssil seja capaz de superar a distância de 13 mil quilômetros e chegar a Washington.

    Mais:

    Coreia do Norte pega EUA desprevenidos com 'ultimato nuclear', diz mídia americana
    Coreia do Norte diz que só discutirá programa nuclear se EUA pararem com 'política hostil'
    Coreia do Norte teria lançado 'mísseis balísticos' no mar do Japão
    Tags:
    Hwasong-15, plataforma, mísseis intercontinentais, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar