17:48 09 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Primeiro ministro do Japão, Shinzo Abe, fala durante Conferência Japão-ASEAN, celebrada em Bangkok, no dia 4 de Novembro de 2019

    Autoridade norte-coreana chama primeiro-ministro do Japão de 'imbecil'

    © REUTERS / Soe Zeya Tun
    Ásia e Oceania
    URL curta
    7225
    Nos siga no

    A Coreia do Norte criticou duramente o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, e alertou que o lançamento de um "verdadeiro míssil balístico" poderá ocorrer em breve.

    O vice-diretor-geral do Departamento de Assuntos sobre o Japão do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte criticou duramente o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, por ter classificado os recentes testes da Coreia do Norte como uma ameaça à segurança.

    "Abe se cobriu de uma terrível vergonha, ganhando o apelido de imbecil, incapaz de distinguir uma arma reativa de um míssil, e de um deformador extraordinário", escreveu a autoridade norte-coreana em seu artigo publicado pela Agência KCNA.

    O funcionário chamou o primeiro-ministro de "perfeito imbecil" e "anão político", alertando que o lançamento de um "verdadeiro míssil balístico" poderá em breve ocorrer.

    "Abe poderá ver o que é um míssil balístico real em um futuro não muito distante e sob o nariz", afirmou.

    Em 28 de novembro, Shinzo Abe declarou no final de uma reunião do Conselho de Segurança de seu país que os lançamentos realizados pela Coreia do Norte são "um sério desafio para a comunidade internacional" e anunciou que o Japão permaneceria em estreito contato com os EUA e a Coreia do Sul.

    Mais:

    Trabalho infantil no Brasil tem cor e sociedade precisa agir, diz procuradora
    Cidadão dos EUA é indiciado após visitar a Coreia do Norte
    Coreia do Norte pega EUA desprevenidos com 'ultimato nuclear', diz mídia americana
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar