01:41 10 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Líder norte-coreano, Kim Jong-un, durante a sessão de fotos no âmbito da cúpula histórica entre os EUA e a Coreia do Norte em Singapura, em 12 de junho de 2018

    Coreia do Norte declara falta de interesse em manter negociações com EUA

    © AP Photo / Evan Vucci
    Ásia e Oceania
    URL curta
    3141
    Nos siga no

    O assessor do Ministério de Relações Exteriores da Coreia do Norte, Kim Kye-gwan, declarou que o país não está interessado em continuar negociando com os EUA.

    "Não estamos mais interessados ​​em negociações que não nos beneficiem", disse o assessor da chancelaria, citado pela Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA).

    De acordo com o diplomata, "se os EUA quiserem continuar conversando com a Coreia do Norte, eles terão que parar de implementar sua política inimiga contra Pyongyang".

    "Não daremos ao presidente dos EUA [Donald Trump] um motivo de orgulho sem receber nada em troca", disse o assessor do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, comentando a recente declaração do líder dos EUA.

    Em 17 de novembro, o presidente norte-americano, Donald Trump, exortou o líder norte-coreano Kim Jong-un para "atuar com rapidez" para chegar a um acordo com os EUA e prometeu que os dois se encontrariam em breve.

    Desde 2018, os líderes dos Estados Unidos e Coreia do Norte realizaram três reuniões nas quais acordaram em avançar no tema da desnuclearização da península e a normalização das relações entre os dois países.

    No entanto, atualmente o processo de distensão na península coreana e os diálogos entre Pyongyang e Washington sobre desnuclearização estão paralisados.

    Mais:

    Coreia do Norte avisa: exercícios EUA-Coreia do Sul podem nos levar a retaliar
    EUA e Coreia do Sul fazem 'gesto de boa vontade' para a Coreia do Norte
    Soldado dos EUA morre e outros 4 ficam feridos em exercício com blindado na Coreia do Sul
    Tags:
    Donald Trump, desnuclearização, Kim Jong-un, EUA, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar