05:11 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Pessoal da força de segurança indiana monta guarda em frente a lojas fechadas em uma rua de Srinagar, Caxemira

    Quem apoiar Índia em Caxemira será alvo de mísseis paquistaneses, ameaça ministro do Paquistão

    © REUTERS / Danish Ismail
    Ásia e Oceania
    URL curta
    384
    Nos siga no

    O ministro paquistanês dos Assuntos de Caxemira diz que não olharia a que países colaborem com Nova Deli antes de disparar mísseis contra eles.

    Os países que tomarem o lado da Índia em um eventual confronto com o Paquistão sobre a disputada região de Caxemira serão vistos como "inimigos" de Islamabad e terão de lidar com mísseis paquistaneses, alertou esta semana o ministro dos Assuntos de Caxemira do Paquistão, Ali Amin Gandapur.

    O ministro apontou em uma entrevista na televisão que o Paquistão dispararia mísseis até mesmo contra um país muçulmano se este apoiasse seu adversário. Os comentários de Gandapur coincidem com a visita de uma delegação de deputados do Parlamento Europeu a Jammu e Caxemira para avaliar a situação.

    "Se a tensão com a Índia se intensificar sobre a questão de Caxemira, o Paquistão será forçado a entrar em guerra", disse Gandapur em um evento, lamentando que o mundo não tenha feito nada para resolver o problema.

    Tensões em Caxemira

    As tensões entre o Paquistão e a Índia, duas potências com armas nucleares, agravaram-se em agosto passado, depois de Nova Deli ter decidido revogar o estatuto especial de Caxemira, argumentando que este passo era necessário para integrar plenamente esta região na Índia e trazer-lhe prosperidade. Milhares de tropas indianas foram enviadas para a área e um recolher obrigatório foi estabelecido para evitar possíveis distúrbios.
    O Paquistão condena este passo dado pelo seu vizinho, que acusa de reprimir a população muçulmana local.

    Mais:

    Paquistão divulga VÍDEO de suposto ataque aéreo na região da Caxemira
    Índia está pronta para avançar e ficar com lado paquistanês da Caxemira, diz ministro
    Ministro inflama relações com o Paquistão: 'a Caxemira será toda da Índia'
    Tags:
    Caxemira, Paquistão, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar