11:10 22 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Guarda de Honra com bandeiras dos EUA e da Coréia do Sul

    EUA teriam instado Coreia do Sul a enviar tropas para estreito de Ormuz em meio a tensões com Irã

    © AP Photo / Pablo Martinez Monsivais
    Ásia e Oceania
    URL curta
    8410

    Durante uma reunião com o ministro da Defesa da Coreia do Sul, Jeong Kyeong-doo, o secretário da Defesa dos EUA, Mark Esper, solicitou que a Coreia do Sul participasse em uma missão marítima americana no estreito de Ormuz, informou a Yonhap.

    O ministro respondeu que seu país estava considerando várias alternativas com relação à situação no golfo Pérsico, já que seus navios também navegam pelo estreito, cuja importância Seul compreende perfeitamente.

    O Pentágono negou ter feito um pedido oficial para a assistência da Coreia do Sul na missão marítima planejada, mas o descreveu como uma espécie de "solicitação" que veio em meio a discussões sobre cooperação bilateral entre os dois Estados.

    O Ministério da Defesa da Coreia do Sul não comentou o relato da Yonhap. Os Estados Unidos convidaram uma série de países da Ásia e da Europa a unirem esforços alegadamente destinados a proteger a navegação no estreito de Ormuz.

    'Coalizão naval'

    Os EUA anunciaram a criação de uma coalizão naval após a detenção de um petroleiro britânico pelas autoridades iranianas por supostas violações das leis marítimas e ataques de forças desconhecidas a navios no Golfo, alegando que seu objetivo será garantir a segurança da navegação através da crucial via de exportação de petróleo, o estreito de Ormuz.

    Washington convidou vários países da Europa e da Ásia a participar desta coalizão, mas até agora poucos responderam. Embora o Reino Unido tenha mostrado interesse em participar da missão americana, a Alemanha optou por esforços diplomáticos como forma de reduzir as tensões no Golfo e declarou que sua participação na campanha de "pressão máxima" dos Estados Unidos contra o Irã foi "descartada".

    Mais:

    Oficial dos EUA alega que Irã não avisou forças americanas antes de derrubar drone
    Presidente do Irã diz que EUA fazem 'coisas infantis' na diplomacia
    Apesar das sanções, países continuam comprando petróleo do Irã
    Tags:
    Irã, tensões, Estreito de Ormuz, EUA, Coreia do Sul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar