00:14 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 74
    Nos siga no

    O Exército Indiano afirmou que evitou uma tentativa de uma suposta equipe paquistanesa de ação fronteiriça de se infiltrar no setor de Keran, no estado de Jammu e Caxemira, informou a agência ANI, citando fontes locais.

    De acordo com militares indianos, de cinco a sete soldados paquistaneses teriam sido eliminados na ação, mas seus corpos foram deixados ao longo da chamada Linha de Controle (LoC) porque não foi possível recuperá-los em meio às pesadas trocas de tiro nas últimas 35 horas. 

    Mais cedo, militares paquistaneses acusaram as forças indianas de bombardear civis com "munições cluster", alegação veementemente negada pela Índia. 

    ​"Exército Indiano: escalada de calibre ocorre durante tais violações de cessar-fogo. Cada lado visa assegurar sua ascendência moral e domínio sobre a Linha de Controle. No entanto, o Exército indiano garante que os alvos são apenas militares e os terroristas que são apoiados pelo Exército do Paquistão." 

    Índia e Paquistão têm participado, recentemente, de intensos tiroteios através da Linha de Controle da Caxemira, uma fronteira militar que separa as partes controladas por cada país na região, disputada por ambos.

    Mais:

    Primeiro-ministro indiano convoca Conselho de Segurança Nacional para discutir a Caxemira
    Soldado indiano é morto após ataques da parte paquistanesa da Caxemira
    General indiano alerta: Paquistão não deve nos provocar na Caxemira
    Forças indianas entram em confronto com militantes na Caxemira
    Tags:
    ANI, Jammu e Caxemira, Caxemira, Paquistão, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar