21:39 17 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Kim Jong-un sai do trem blindado para a estação da cidade russa de Khasan

    Mistério do trem de Kim Jong-un é desvendado de ângulo incomum

    © Sputnik / Aleksandr Safonov
    Ásia e Oceania
    URL curta
    5186

    O trem, usado já pela terceira geração de líderes norte-coreanos, está envolvido em diferentes rumores e lendas, atraindo sempre a atenção durante as viagens internacionais dos dirigentes da Coreia do Norte.

    Uma das particularidades deste meio de transporte, além do interior luxuoso, é a blindagem dele. Até recentemente, era possível avaliá-la apenas pelos relatos de testemunhas. Porém, graças a um vídeo, agora é possível ver como é a proteção da "fortaleza sobre rodas" norte-coreana.

    Na web surgiu um vídeo mostrando o trem de Kim Jong-un de um ângulo incomum, a partir de baixo. A câmera estava instalada entre os trilhos, enquanto os vagões passavam por cima dela, mostrando "a barriga" do trem presidencial.

    De acordo com a descrição, o vídeo foi gravado nas proximidades de Vladivostok, onde no mês passado Kim Jong-un se encontrou com o presidente russo, Vladimir Putin. Para comprovar que se trata do mesmo trem, no mesmo canal em outro vídeo lateral é vista a mesma área circundante e uma dúzia de vagões verdes com a linha amarela distintiva.

    Segundo o autor dos vídeos, entrevistado pela Sputnik, gravar o vídeo foi difícil, mas não impossível.

    "O fato de a câmera não ter sido vista por ninguém foi obra do acaso e do cálculo, já que as vias foram inspecionadas antes de o trem passar", disse o dirigente do canal RailWay.

    Além disso, antes do trem norte-coreano, pelas mesmas vias passou uma locomotiva de "teste" para prevenir possíveis obstáculos inesperados no caminho do líder da Coreia do Norte.

    O autor comentou aquilo que conseguiu ver nas imagens do vídeo.

    "Debaixo do trem dá para ver que ele é incomum. O primeiro que se destaca são os freios a disco", disse. Tal tipo de freios se destaca pelo funcionamento estável e alta resistência ao impacto de água, poluição, além do impacto térmico.

    A Rússia e a Coreia do Norte usam vias ferroviárias de diferentes larguras, portanto, os trens que atravessam a fronteira dos dois países devem trocar de truques ferroviários. O autor do vídeo supõe também que na hora de atravessar a fronteira, as rodas ou truques ferroviários do trem de Kim Jong-un não foram trocados.

    "Aqui há 12 vagões. São parecidos com os chineses, só que por fora dá para perceber que não são comuns. Portando, trocar truques ferroviários incomuns em todos os vagões demoraria bastante tempo e não é prático, eu acho. O mais fácil é fazer um par de rodas com a largura entre trilhos ajustável", disse.

    Mais:

    Míssil norte-coreano pode evitar sistema antimíssil, segundo funcionários dos EUA
    Kim não retomará diálogo com Trump até que os EUA mudem de postura, diz Pyongyang
    Tags:
    mistério, Coreia do Norte, trem, Kim Jong-un
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar