08:05 20 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    660
    Nos siga no

    Na quinta-feira (23), o foguete-portador chinês Longa Marcha 4C falhou em alcançar a órbita terrestre e colocar lá o satélite de sondagem remota Yaogan-33. Parte de seus destroços foi encontrada no Laos.

    Enquanto os primeiros dois estágios do foguete funcionaram normalmente, o terceiro caiu, segundo a edição Xinhua.

    O primeiro e segundo estágios atingiram o território chinês. Os destroços caíram sobre prédios residenciais. Felizmente, ninguém ficou ferido.

    A maior parte dos destroços do terceiro estágio e do satélite, qualificado por alguns especialistas como um dispositivo de reconhecimento militar, caiu na província de Champassak, no Laos.

    Os destroços atingiram um prédio, outros caíram perto de casas, uma escola e um templo budista. Testemunhas compartilharam nas redes sociais as imagens dos destroços. Neste caso, também ninguém ficou ferido.

    ​No Laos, ao menos um prédio foi atingido diretamente, muitos outros pedaços caíram perto de casas, uma escola, um templo budista e, o pior de tudo, sobre uma modesta plantação de café. Não foram reportadas vítimas em nenhum dos locais.

    Segundo a Xinhua, foi iniciada uma investigação do incidente.

    Mais:

    Pequim planeja construir base no polo sul da Lua
    Adeus a tudo que sabemos sobre Lua? Nova descoberta chinesa pode mudar hipótese existente
    Tags:
    foguete, Longa Marcha, China, satélite
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar