17:35 23 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Mercedes (imagem referencial)

    Que sanções? Empresa alemã diz não saber como Kim Jong-un conseguiu suas limusines

    CC0 / pixabay/dimascala
    Ásia e Oceania
    URL curta
    8192
    Nos siga no

    Kim Jong-un, o líder da Coreia do Norte, chegou de comboio à cidade russa de Vladivostok na quarta-feira (24) para se encontrar com o Vladimir Putin e tinha lá duas limusines à espera dele.

    Daimler, o fabricante de automóveis alemão que produziu as duas limusines blindadas que foram usadas pelo líder norte-coreano Kim Jong-un durante o encontro com o presidente russo Vladimir Putin em Vladivostok, não mantém quaisquer negócios com Pyongyang e não faz ideia como é que ele conseguiu estes automóveis do topo da gama.

    "Não fazemos ideia absolutamente nenhuma de como os veículos foram levados à Coreia do Norte. Para a Daimler, as exportações corretas dos produtos em conformidade com a lei é um princípio fundamental da atividade empresarial responsável", disse Silke Mockert, a porta-voz da empresa, em declarações à AP.

    Guarda-costas escoltam o carro do líder norte-coreano, Kim Jong-un, no trajeto de volta à Coreia do Norte durante a pausa para almoço
    © AP Photo / Assessoria de imprensa da Cúpula das Coreias
    Segundo as sanções da ONU, a venda de produtos de luxo à Coreia do Norte é proibida, no entanto Kim usou várias vezes limusines fabricadas pela empresa alemã em cúpulas, inclusive com Donald Trump em Singapura e em Hanói.

    Em Vladivostok, Kim tinha um Mercedes Maybach S600 Pullman Guard e um Mercedes Maybach S62 à espera dele na estação à qual ele chegou para se encontrar com o presidente Putin.

    "A nossa empresa não tem tido relações de negócios com a Coreia do Norte já há muito mais de 15 anos e respeita rigorosamente os embargos da União Europeia e dos EUA. Para evitar os fornecimentos à Coreia do Norte e a qualquer das suas embaixadas em todo mundo, a Daimler adotou um processo global de controle das exportações", acrescentou a porta-voz.

    Ao mesmo tempo, a Daimler reconheceu que não teve controle ou responsabilidade por ações de terceiros.

    Consta que o veículo usado pelo líder norte-coreano está equipado com sistemas de comunicação e entretenimento essenciais, para que os passageiros possam permanecer em "pleno contato com o resto do mundo enquanto desfrutam do luxo e conforto do seu próprio lugar especial que eles têm nele [no mundo]".

    As primeiras fotografias da limusine de Kim Jong-un apareceram em 2014, sendo que as sanções sobre a venda de produtos de luxo foram introduzidas em 2006, na sequência do primeiro teste nuclear realizando por Pyongyang. O preço estimado desses carros alemães é de mais de US$ 1 milhão por cada veículo no momento da compra.

    Mais:

    Kim deixa grinalda no Memorial da Glória Militar em Vladivostok
    Kim Jong-un convida Vladimir Putin para visitar Coreia do Norte
    Putin considera construtivo encontro pessoal com Kim Jong-un
    Tags:
    luxo, carro blindado, limusine, Mercedes-Benz, Kim Jong-un, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar