12:09 17 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    U.S. President Donald Trump shakes hands with North Korea leader Kim Jong Un at the Capella resort on Sentosa Island Tuesday, June 12, 2018 in Singapore.

    Kim Jong-un: 'EUA agiram de má-fé em Hanói'

    © AP Photo / Evan Vucci
    Ásia e Oceania
    URL curta
    11230

    O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, disse ao presidente russo, Vladimir Putin, que os EUA "adotaram uma atitude unilateral de má-fé" durante a cúpula em Hanói, no Vietnã.

    "A situação na Península Coreana e na região está num impasse e chegou a um ponto crítico, no qual pode retornar ao seu estado original, pois os EUA assumiram uma atitude unilateral de má-fé nas recentes negociações, durante a segunda reunião entre EUA e Coreia do Norte", disse Kim em Vladivostok, segundo Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA).

    Kim Jong-un na estação ferroviária de Khasan
    © Sputnik / Seviço de imprensa da administração da região de Primorie
    Kim está na Rússia para reuniões bilaterais com Vladimir Putin sobre paz e segurança regional. Segundo o líder coreano, tudo depende, em última instância, da atitude futura de Washington, informou a KCNA.

    Hanói foi palco da segunda rodada de negociações entre os EUA e a República Popular Democrática da Coreia visando a desnuclearização da Península Coreana e a normalização das relações diplomáticas entre os dois países. O primeiro encontro, em Cingapura, em junho passado, e restabeleceu o relacionamento entre Pyongyang e Washington.

    Em Hanói, Kim, que suspendeu testes nucleares e de mísseis há mais de um ano e adotou medidas para desmantelar esses programas, tentou negociar a remoção de algumas das sanções de Washington. O seu pedido foi negado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que insistiu na desnuclearização antes a redução de quaisquer sanções.

    Mais:

    Cúpula entre Putin e Kim serviu para 'corrigir erros diplomáticos dos EUA', diz Moscou
    Kim Jong-un deseja que conversações com Putin prossigam de forma frutuosa e construtiva
    Putin considera construtivo encontro pessoal com Kim Jong-un
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar