19:38 21 Maio 2019
Ouvir Rádio
    O destróier Hefei da classe 052D da Marinha chinesa

    China protesta contra entrada de navio de guerra francês no estreito de Taiwan

    © Sputnik / Igor Zarembo
    Ásia e Oceania
    URL curta
    7141

    Um navio de guerra francês passou pelo estreito de Taiwan no início deste mês, ocasionando protesto da China, que considera estreito como sendo suas "águas territoriais".

    A Marinha do Exército Popular de libertação da China alertou sobre a entrada de um navio de guerra francês no estreito de Taiwan mais cedo neste mês, informou o Ministério da Defesa da China na quinta-feira (25), adicionando que a entrada ocasionou protesto oficial endereçado a Paris contra a manobra.

    O ministério afirmou que um navio de guerra da França "entrou ilegalmente nas águas territoriais da China" no dia 7 de abril.

    De acordo com a Reuters, que citou as palavras de uma fonte do Ministério da Defesa da França, o navio francês "transita pelo estreito de Taiwan uma vez por ano em média sem nenhum incidente ou reação".

    O caso envolvendo um navio francês sucede outro que aconteceu em 31 de março de dois caças chineses J-11 que atravessaram a fronteira entre a China e Taiwan, chamada "linha mediana". Taiwan usou caças para interceptar as aeronaves chinesas.

    Mais:

    Putin diz que aliança entre China e Rússia é 'fator estabilizador nos assuntos globais'
    China avisa sobre aumento de 'turbulência' com jogada dos EUA contra petróleo do Irã
    China é capaz de superar os EUA na corrida espacial?
    Tags:
    Estreito de Taiwan, Taiwan, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar