01:20 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    O destróier Hefei da classe 052D da Marinha chinesa

    China protesta contra entrada de navio de guerra francês no estreito de Taiwan

    © Sputnik / Igor Zarembo
    Ásia e Oceania
    URL curta
    8151
    Nos siga no

    Um navio de guerra francês passou pelo estreito de Taiwan no início deste mês, ocasionando protesto da China, que considera estreito como sendo suas "águas territoriais".

    A Marinha do Exército Popular de libertação da China alertou sobre a entrada de um navio de guerra francês no estreito de Taiwan mais cedo neste mês, informou o Ministério da Defesa da China na quinta-feira (25), adicionando que a entrada ocasionou protesto oficial endereçado a Paris contra a manobra.

    O ministério afirmou que um navio de guerra da França "entrou ilegalmente nas águas territoriais da China" no dia 7 de abril.

    De acordo com a Reuters, que citou as palavras de uma fonte do Ministério da Defesa da França, o navio francês "transita pelo estreito de Taiwan uma vez por ano em média sem nenhum incidente ou reação".

    O caso envolvendo um navio francês sucede outro que aconteceu em 31 de março de dois caças chineses J-11 que atravessaram a fronteira entre a China e Taiwan, chamada "linha mediana". Taiwan usou caças para interceptar as aeronaves chinesas.

    Mais:

    Putin diz que aliança entre China e Rússia é 'fator estabilizador nos assuntos globais'
    China avisa sobre aumento de 'turbulência' com jogada dos EUA contra petróleo do Irã
    China é capaz de superar os EUA na corrida espacial?
    Tags:
    Estreito de Taiwan, Taiwan, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar