07:21 17 Julho 2019
Ouvir Rádio
    MH370

    Mídia revela nova teoria sobre misterioso desaparecimento do voo MH370

    © AFP 2019 / WANG ZHAO
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 40

    A ponta de uma asa do MH370 foi danificada antes do seu desaparecimento em 2014, informou o portal Aviation Safety Network, citado pelo diário Express.

    O Boeing 777 da Malaysia Airlines desapareceu em 8 de março de 2014 no trajeto de Kuala Lumpur para Pequim com 239 pessoas a bordo.

    Entretanto, esse avião já esteve envolvido em outro incidente, quando a ponta de uma das asas do avião foi quebrada em uma colisão durante a rolagem na pista em 2012, o que mais tarde teria causado problemas sem o conhecimento dos pilotos.

    Segundo o portal, o avião de passageiros Boeing 777 da Malaysia, voo MH389, fez contato com a cauda do avião A340 da China Eastern Airlines, B-6050, que esperava na pista do Aeroporto Internacional de Pudong.

    No incidente, a ponta da asa do Boeing 777 da Malaysia Airlines foi quebrada e ficou pendurada na cauda do avião da companhia chinesa. A ponta da asa foi reparada e o avião voltou a funcionar. Segundo o portal, foi o mesmo avião que desapareceu em 8 de março de 2014 durante o voo de Kuala Lumpur para Pequim.

    Contudo, há especulações de que a asa do avião não teria sido reparada corretamente ou que houve algum outro problema desconhecido que não foi resolvido.

    O analista Marion Greenwood revelou ao Express que "se houve um dano de fadiga do parafuso do flaperon provocado naquela colisão, poderia levar meses até se tornar um problema".

    "Na verdade, isso pode só ter se tornado um problema depois que o avião entrou em piloto automático naquela fatídica última viagem […] Se os pilotos colocassem o avião em piloto automático e fossem dormir, como pode acontecer em viagens longas, então esse poderia ter sido o resultado", disse ele.

    Há alegadamente uma pequena chance de que a asa tenha sido reparada de tal maneira que ele voaria ainda por anos, antes de quebrar novamente.

    O desaparecimento do voo MH370 aconteceu no dia 8 de março de 2014, enquanto ele voava de Kuala Lumpur para Pequim com 239 passageiros a bordo.

    Após vários anos de tentativas infrutíferas de localizar os restos do avião, o governo da Malásia terminou a busca em maio de 2018, admitindo não saber o que aconteceu com o avião.

    Mais:

    Piloto do voo MH370 teria encomendado 2 horas de combustível extra
    Sumido há mais de 5 anos, voo MH370 ganha detalhe inédito
    Tragédia do MH370 poderia 'acontecer com outro avião', alerta irmã de desaparecido
    'Enquanto houver esperança': Malásia promete continuar buscas por voo MH370 desaparecido
    Tags:
    busca, teoria, voo, avião desaparecido, MH370, Malásia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar