07:21 17 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Diretor da CIA, Mike Pompeo, cumprimenta o presidente da Coreia do Norte, Kim Jong-un, em Pyongyang

    Coreia do Norte quer saída de Pompeo das negociações para dialogar com EUA

    © AP Photo / Casa Branca
    Ásia e Oceania
    URL curta
    10100

    A Coreia do Norte pediu a substituição do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, por alguém que seja "mais cuidadoso", para continuar as negociações sobre a desnuclearização da península, segundo o diretor-geral do Departamento de Assuntos Estadunidenses do MRE norte-coreano, Kwon Jong-gun.

    "No caso de uma possível volta ao diálogo com os EUA, gostaria de que a negociações continuassem com alguém que tenha mais atenção e maturidade para se comunicar, ao invés de Pompeo", disse Kwon em comunicado citado pela agência de notícias sul-coreana Yonhap.

    Kwon destacou que "a experiência da cúpula de Hanói mostrou que qualquer que seja o problema, se Pompeo participar, as negociações entre os dois países vão mal e sem resultados".

    Em junho, os líderes de ambos os países se reuniram pela primeira vez em Singapura e se comprometeram a trabalhar para normalizar as relações bilaterais e desnuclearizar a península da Coreia. Entretanto, o processo emperrou nos últimos meses.

    A segunda reunião entre o presidente norte-americano, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, que ocorreu em Hanói nos dias 27 e 28 de fevereiro, terminou repentinamente e sem acordo entre as partes.

    Pompeo explicou que a Coreia do Norte não estava preparada para seguir adiante no rumo esperado com relação à mudança do cancelamento das sanções econômicas.

    Mais:

    Pompeo confirma intervenção militar na Venezuela como opção possível
    Pompeo: China tem parceria 'corrosiva' com Venezuela e presença da Rússia é 'provocação'
    Mídia: Coreia do Norte está construindo submarino transportador de mísseis balísticos
    Tags:
    diálogo, cúpula, desnuclearização, reunião, Kim Jong-un, Mike Pompeo, EUA, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar