13:28 26 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Aeronave de pequeno porte da Jet Airways se prepara para pousar em Mumbai.

    Atolada em dívidas, companhia aérea mais antiga da Índia deixa de funcionar

    © AFP 2019 / INDRANIL MUKHERJEE
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 01

    A Jet Airways, operadora privada mais antiga da Índia, suspendeu todos os seus voos a partir desta quarta-feira à noite, depois que os credores se recusaram a fornecer fundos de emergência para continuar as operações, disse uma fonte à Sputnik. O último voo decolará às 22:30, hora local, de Chandigarh.

    Os voos foram suspensos depois que credores se recusaram a fornecer US$ 5,74 milhões, necessários para garantir a flutuação financeira da companhia. A situação se agravou depois que o governo decidiu não intervir, temendo que o gasto de dinheiro público pudesse repercutir durante as eleições.

    "Na noite passada, a Jet Airways foi informada pelo Banco do Estado da Índia (SBI), em nome do consórcio de credores indianos, que eles não podem considerar o nosso pedido de financiamento provisório crítico. Já que não há nenhum financiamento de emergência dos credores ou qualquer outra fonte [em um futuro] próximo, a companhia aérea não será capaz de pagar por combustível ou outros serviços críticos para manter as operações funcionando. Por conseguinte, com efeito imediato, a Jet Airways é obrigada a cancelar todos os seus voos internacionais e domésticos. O último voo vai operar hoje", Jet Airways disse em um comunicado.

    A companhia aérea aguardará o processo de finalização da oferta pela SBI e pelo consórcio de credores indianos. Em um comunicado, os credores disseram tentar "garantir (…) uma solução viável para a empresa".

    Enquanto isso, uma reunião de emergência será realizada entre os funcionários da Jet Airways, os sindicatos e a administração na manhã de quinta-feira, data em que um protesto está marcado para acontecer em Nova Délhi.

    O conselho de administração da Jet Airways se reuniu nesta semana para decidir quais serão os próximos passos da empresa. Na ocasião, credores estavam divididos quanto a fornecer um novo saldo do financiamento provisório de mais de US$ 10 milhões sem garantias adicionais. A frota operacional da companhia aérea está reduzida a apenas cinco aviões.

    A companhia aérea foi fundada há cerca de 25 anos e empregava mais de 16 mil funcionários. No seu auge, ela se gabava de possuir mais de 120 aviões e centenas de voos diários. A Jet Airways tem uma dívida total de cerca de US$ 1,2 bilhão e está oscilando por semanas depois de não receber um empréstimo de US$ 217 milhões de seus credores, previsto em um acordo de resgate firmado no final de março.

    Tags:
    Banco do Estado da Índia, Jet Airways, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar