21:27 20 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Uma foto aérea tirada de um avião militar taiwanês mostra a vista de Itu Aba, que os taiwaneses chamam de Taiping, no Mar da China Meridional.

    China atua para conter planos taiwaneses de construir 1º submarino em solo nacional

    © REUTERS / Ministério das Relações Exteriores de Taiwan
    Ásia e Oceania
    URL curta
    130

    Em março, o Ministério da Defesa de Taiwan anunciou que o projeto do 1º submarino fabricado localmente estava completo e que o protótipo poderia ser construído no início dos anos 2020. No entanto, segundo o ministro da Defesa de Taiwan, Yen De-fa, vários empreiteiros estrangeiros envolvidos no projeto desistiram da ideia após pressão da China.

    As relações entre a China continental e Taiwan são tensas desde 1949. A China considera Taiwan parte de seu território e reivindica soberania sobre a ilha. Taiwan, por sua vez, ainda adota o nome do governo da era pré-comunista, a República da China, cujo território estava confinado à ilha de Formosa no final da guerra civil em 1949, quando a República Popular da China foi estabelecida no continente.

    A altercação piorou ainda mais devido a reivindicações não resolvidas por ambas as nações no Mar do Sul da China. O mar contém muitas ilhas, recifes e cardumes atualmente controlados e ocupados por Pequim, mas também reivindicados por várias outras nações, entre elas Vietnã, Taiwan, Camboja, Brunei e Filipinas. Além da enorme quantidade de comércio internacional que cruza a área, também se acredita que o mar contém grandes quantidades de depósitos inexplorados de petróleo e gás natural.

    Durante décadas, Taiwan tem tentado construir submarinos a diesel capazes de contornar os bloqueios navais chineses. No entanto, sem a ajuda de empreiteiros estrangeiros, a ilha não tem a tecnologia e experiência para a empreitada. Assim, Taiwan depende do fornecimento de talentos de outros países.

    O país já gastou cerca de US$ 1,59 bilhão no programa de submarinos desde 2016, informou o Asia Times. Taiwan possui atualmente dois submarinos diesel e elétricos que fazem parte de suas defesas marítimas. Outros dois de seus submarinos foram construídos nos EUA durante a Segunda Guerra Mundial e são usados ​​para treinamento. 

    Em maio do ano passado, Taiwan e a empresa holandesa RH Marine aturaram pela modernização dos dois submarinos atualmente em operação. Espera-se que a empresa melhore os cascos dos submarinos e os sistemas de navegação.

    De acordo com uma reportagem recente da UPmedia de Taiwain, a Coreia do Norte tentou vender tecnologia submarina para Taiwan em 2016. O país estava especialmente interessado em vender tecnologias de propulsão independente do ar, usadas para operar submarinos não nucleares sem a presença de oxigênio atmosférico.

    Tags:
    UPmedia, RH Marine, Asia Times, Yen De-fa, Brunei, Mar do Sul da China, Camboja, Filipinas, Coreia do Norte, Taiwan, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar