10:05 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Os novos Ospreys MV-22 na Estação Aérea dos Fuzileiros Navais Futenma em Ginowan, Okinawa.

    Japoneses dizem não a realocação de base dos EUA em Okinawa

    © AP Photo / Eric Talmadge
    Ásia e Oceania
    URL curta
    8270

    Cerca de 30% dos eleitores votaram contra a realocação da Estação Aérea de Futenma em referendo realizado hoje na província de Okinawa, no sul do Japão. A instalação fica na povoada cidade de Ginowan e seria movida para o distrito de Henoko.

    Um total de 345.285 dos mais de 1,53 milhão de eleitores votaram no referendo, o que corresponde a 29,93% do eleitorado. Os votos ainda estão sendo contados.

    A cédula de votação perguntou aos eleitores se eles apoiavam um plano para recuperar terras em um local costeiro isolado para a realocação da base de Futenma.

    De acordo com a pesquisa de opinião da agência de notícias Kyodo, a maioria dos eleitores se opôs à construção da nova instalação militar dos EUA.

    Moradores de Ginowan pedem ao governo que feche a base de Futenma devido a preocupações ambientais, incidentes envolvendo aeronaves e tropas dos EUA. Os residentes do distrito de Henoko, porém, também não estão dispostos a receber a base na região.

    A base do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, foi construída em 1945. As negociações sobre a realocação para uma área menos populosa da província de Okinawa começaram há duas décadas, mas os planos do governo foram prejudicados pelos protestos dos moradores locais.

    Tags:
    Kyodo, Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, Japão, Okinawa, Henoko, Ginowan, Kyodo, Futenma
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar