02:57 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Primeiro-ministro do Japão Shinzo Abe durante discurso em Tóquio

    Japão quer tornar produção de hidrogênio mais barata que a de gás natural

    © REUTERS / Issei Kato
    Ásia e Oceania
    URL curta
    272
    Nos siga no

    O Japão planeja reduzir os custos da produção de hidrogênio em pelo menos 90% com o objetivo de torná-lo competitivo diante do gás natural e promover a energia limpa, disse, nesta quarta-feira (23) o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos.

    "Meu governo pretende reduzir o custo da produção de hidrogênio em pelo menos 90% até 2050 para torná-lo mais barato que o gás natural", disse Abe.

    Em outubro, ministros e oficiais de governo de cerca de 20 países se reuniram em Tóquio para discutir fontes alternativas de energia. Eles concordaram em aumentar o uso de hidrogênio através do compartilhamento de tecnologia.

    O hidrogênio tem lentamente ganhado a atenção do público como uma fonte alternativa de energia — não produz gases estufa e pode ser gerado por biomassa, combustíveis fósseis ou através da eletrólise da água, através da eletricidade.

    Mais:

    NASA detecta enorme 'muralha' de hidrogênio ao redor do Sistema Solar (FOTO)
    Arma do apocalipse: como URSS testou sua 1ª bomba de hidrogênio (VÍDEO, FOTOS)
    Esqueça o preço do diesel e da gasolina: vem aí o ônibus a hidrogênio!
    Tags:
    energia limpa, gás natural, hidrogênio, Shinzo Abe, Tóquio, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar