01:55 19 Junho 2019
Ouvir Rádio
    O líder norte-coreano Kim Jong Un e o presidente chinês Xi Jinping apertam as mãos em Pequim, na China.

    Mídia: Xi diz esperar que Coreia do Norte e EUA se reúnam em breve

    © AP Photo / Ju Peng
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 30

    O presidente chinês, Xi Jinping, disse ao líder norte-coreano Kim Jong Un que espera ver a Coreia do Norte e os EUA "se encontrando" para uma próxima rodada de negociações, informou a Xinhua.

    Kim, que está passando seu 35º aniversário visitando o norte da China, se encontrou com Xi em Pequim "em um ambiente cordial e amigável" e discutiu "relações China-Coreia do Norte e questões de interesse comum", informou a agência de notícias chinesa Xinhua. Xi disse a Kim que vê uma "oportunidade histórica rara" para um assentamento da península coreana.

    A região foi dividida desde 1953 por uma zona desmilitarizada fortemente fortificada, construída após três anos de guerra brutal entre os Estados Unidos e a Coreia do Sul, de um lado, e a Coreia do Norte, URSS e a China, de outro, em um impasse. A militarização tem sido a ordem do dia desde então, com dezenas de milhares de soldados dos EUA posicionados na Coreia do Sul e com o desenvolvimento de armas nucleares e mísseis balísticos no Norte.

    O ano de 2018 foi histórico para a Coreia do Sul, a República Popular Democrática da Coreia (RPDC) e os EUA, com as duas porções da península marchando sob uma bandeira conjunta nas Olimpíadas de Inverno em Pyeongchang e uma declaração que pôs fim à guerra entre Kim e seu colega, o presidente sul-coreano Moon Jae-In. 

    Kim também se reuniu em Cingapura com o presidente dos EUA, Donald Trump, onde os dois arquitetaram uma estrutura para desnuclearização e desmilitarização da península coreana. No entanto, com o progresso estagnado nos seis meses desde a cúpula, Trump e Kim estão explorando a logística de uma segunda reunião.

    Kim disse a Xi na quinta-feira que espera que o encontro alcance "resultados", observou a Xinhua.

    Tags:
    Olimpíadas de Inverno, Moon Jae-in, Donald Trump, Kim Jong-un, Pyeongchang, Pequim, Estados Unidos, República Popular Democrática da Coreia (RPDC), China, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Cingapura
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar