21:32 13 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Imagem de satélite mostra detalhes do mais recente teste nuclear da Coreia do Norte

    Imagens de satélite mostram melhora de instalações nucleares da Coreia do Norte

    © Foto : Reprodução / 38 North
    Ásia e Oceania
    URL curta
    762

    A Coreia do Norte ampliou uma importante base de mísseis de longo alcance nos meses desde a reunião entre o líder do país, Kim Jong-un, e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, segundo imagens de satélite publicadas pela rede americana CNN nesta quarta-feira.

    Os dois líderes se encontraram em Singapura em junho e assinaram um documento de palavras vagas, que prometia "trabalhar para" a desnuclearização completa da península coreana, embora não detalhasse detalhes de como isso aconteceria.

    Segundo a CNN, Pyongyang melhorou a base de mísseis Yeongjeo-dong, no interior montanhoso da Coreia do Norte, e construiu outra instalação que não havia sido previamente identificada publicamente.

    Especialistas disseram à rede de notícias norte-americana que a localização da base permite o lançamento adequado dos mais novos mísseis de longo alcance da Coreia do Norte, incluindo aqueles que poderiam carregar ogivas nucleares.

    Em um comunicado, o Pentágono foi lacônico sobre as novas revelações.

    "Observamos a Coreia do Norte muito de perto, mas não podemos discutir a inteligência", divulgou o órgão.

    Trump disse no último sábado que espera organizar uma segunda cúpula com Kim no início de 2019.

    O conselheiro de segurança nacional John Bolton disse nesta terça-feira que Trump acha que o homem forte da Coreia do Norte não cumpriu os compromissos que assumiu na cúpula de Singapura.

    Autoridades norte-americanas insistem na completa, verificada e irreversível desnuclearização da península coreana antes que sanções duras sejam levantadas, como quer Pyongyang.

    Mas o Norte rejeitou as exigências para o que chama de desarmamento "unilateral" e, em vez disso, buscou medidas recíprocas dos Estados Unidos, não especificadas, em um processo gradual.

    Mais:

    Resistência da Síria e Coreia do Norte pode mudar equilíbrio de poder no mundo, diz Assad
    Coreia do Norte estaria criando aliança com Venezuela e Cuba contra hegemonia dos EUA?
    Coreia do Norte detona 10 postos de observação na zona desmilitarizada (FOTOS)
    Tags:
    diplomacia, acordo, armas nucleares, desnuclearização, CNN, Pentágono, John Bolton, Kim Jong-un, Donald Trump, Pyongyang, Yeongjeo-dong, Estados Unidos, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik