21:08 19 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    291
    Nos siga no

    China finalizou a construção de seu primeiro navio-cisterna para transporte de gás natural liquefeito capaz de navegar pelo Ártico em qualquer estação do ano.

    O navio da classe Arc7 recebeu o nome Boris Sokolov. Ele é capaz de realizar operações a temperaturas abaixo de —50°C e possui uma carga útil de 44.500 toneladas. Além disso, o navio deverá ser entregue à empresa grega Dynacom e provavelmente será utilizado como meio de transporte do projeto Yamal GNL.

    ​Boris Sokolov, o primeiro navio-cisterna quebra-gelo do mundo, foi lançado em Guangzhou nesta terça-feira. Ele participará do projeto GNL.

    O Boris Sokolov é o único navio capaz de realizar operações a baixas temperaturas. Anteriormente, os navios-cisterna eram capazes de transportar gás natural liquefeito para o Ártico apenas no verão, segundo a publicação do China Daily.

    Além das capacidades citadas anteriormente, o navio também pode romper camadas de gelo de até 1,8 metro e manter uma velocidade de dois nós. O comprimento do navio é de 214 metros, largura de 24 metros e velocidade de 13 nós.

    O projeto Yamal GNL iniciou as operações em dezembro passado, enviando milhões de toneladas do combustível liquefeito. A produtora de gás russa Novatek possui planos para uma linha adicional capaz de produzir um milhão de toneladas de GNL por ano.

    Além da Novatek, a Yamal GNL conta com a francesa Total, a chinesa CNPC e a Silk Road Fund.

    Mais:

    Como será novíssimo quebra-gelo russo Líder? (VÍDEO)
    Inovador quebra-gelo russo Ilya Muromets inicia testes no Ártico
    Novo potente quebra-gelo promete mudança radical na economia da Rússia
    Tags:
    transporte, gás natural, operação, navio, Novatek, Ártico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar