17:42 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    A bandeira da China

    China responderá por 46% do mercado de luxo global em 2025, indica pesquisa

    © AP Photo / Mark Schiefelbein
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 20

    Os consumidores chineses continuarão a ser a força motriz do mercado de bens de luxo, de acordo com um novo estudo da consultoria Bain divulgado nesta quinta-feira (15). A China será responsável por 46% do mercado dos bens de luxo até 2025, diz a pesquisa.

    O levantamento foi encomendando pela marca italiana Altagamma.

    Claudia D'Arpizio diz que metade das compras de luxo serão feitas na China, à medida que as diferenças de preços entre os países diminuem e as marcas melhoram a experiência do cliente na China.

    A consultoria prevê que as vendas de luxo este ano devem crescer 2%, totalizando € 260 bilhões. Esta cifra não inclui o mercado de arte, design e decoração.

    O segmento de luxo na China este ano deve subir 18%, para € 23 bilhões. A Europa e as Américas, ainda os dois maiores mercados, permanecem estáveis devido a fortes moedas, totalizando € 84 bilhões e € 80 bilhões, respectivamente.

    Mais:

    Oficiais afirmam que as chances dos EUA perderem guerra contra China ou Rússia são grandes
    EUA alertam contra 'impérios e agressão' no Indo-Pacífico, em alusão à China
    2º exército de guerreiros de terracota é encontrado na China (FOTO)
    China comenta proposta de Macron de criar exército europeu
    'Ameaça abstrata': analista avalia possibilidade de guerra fria entre EUA e China
    Tags:
    China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik