17:27 17 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Bitcoin

    Bancos centrais devem criar moedas virtuais próprias, diz chefe do FMI

    © Foto : Pixabay
    Ásia e Oceania
    URL curta
    102

    Com a crescente inovação no setor financeiro e um movimento em direção a uma sociedade sem dinheiro, há um papel para os bancos centrais entrarem no mundo das moedas digitais, disse a chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, nesta quarta-feira.

    Ao contrário das moedas privadas, como bitcoin e ethereum, o dinheiro criado pelos bancos centrais seria regulado e confiável, e poderia atingir todos os setores da sociedade, disse Lagarde em discurso preparado para o Festival Fintech em Singapura.

    "A chave é aproveitar os benefícios e gerenciar os riscos", avaliou Lagarde. "A regulamentação adequada dessas entidades continuará a ser um pilar de confiança".

    No entanto, enquanto os bancos centrais de vários países estão considerando o dinheiro eletrônico, ainda restam dúvidas sobre se isso faz sentido para todos os países.

    Pode haver "um papel para o estado fornecer dinheiro para a economia digital", e ela observou que Canadá, China, Suécia e Uruguai estavam "considerando seriamente" a emissão de moeda digital.

    Um e-money oficial teria a vantagem de cumprir os objetivos da política, incluindo inclusão financeira, segurança e proteção ao consumidor.

    "Minha mensagem é que, enquanto o caso da moeda digital não é universal, devemos investigar mais, com seriedade, cuidado e criatividade", destacou.

    O FMI divulgou um relatório na quarta-feira examinando as questões que os bancos centrais enfrentariam se decidissem emitir dinheiro eletrônico.

    Mais:

    Presidente da Naftogaz: Ucrânia está a beira do default e depende do FMI
    FMI diminui previsão de crescimento da economia global
    Economia mundial corre risco de enfrentar nova crise financeira, avisa FMI
    Tags:
    comércio, economia, moedas virtuais, Ethereum, bitcoin, Banco Central, FMI, Christine Lagarde, Suécia, China, Canadá, Singapura
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik