02:02 16 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, falando na cerimônia de abertura da primeira Exposição Internacional de Importação da China (CIIE), em Xangai

    China ajudou a transformar economia global, afirma diretora do FMI

    © REUTERS / Aly Song
    Ásia e Oceania
    URL curta
    6110

    A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, informou que o desenvolvimento da economia da China mudou a situação interna do país, assim como toda a economia global.

    Essa sua declaração foi feita durante a inauguração da Exposição Internacional de Importação da China (CIIE), em Xangai, nesta segunda-feira (5).

    "Há 40 anos, a China começou a construir sua ponte para o mundo abrindo sua economia e iniciando reformas que mudaram a vida e as perspectivas de centenas de milhões de pessoas aqui [na China], mas também fora da China", disse Lagarde.

    "Ao se transformar através do comércio, através do trabalho duro, e também aprendendo com os outros, a China ajudou a transformar não só a si mesma, mas também a economia global", adicionou.

    Ao reorientar a economia do crescimento, impulsionada por investimentos e pelas exportações, promovida pelo consumo, a China está construindo uma ponte para a prosperidade, de acordo com a diretora da organização internacional.

    Lagarde salientou que pediu a todos os países envolvidos que eliminassem a tensão e ajudassem a resolver os problemas comerciais existentes. Além disso, solicitou que arrumassem o sistema de comércio global ao invés de destruí-lo.

    Esta é a primeira exposição deste tipo e conta com a participação de aproximadamente 2.800 empresas, representando mais de 130 países e regiões do mundo. Está prevista para durar até o dia 10 de novembro.

    Mais:

    FMI diminui previsão de crescimento da economia global
    Economia mundial corre risco de enfrentar nova crise financeira, avisa FMI
    Ex-diretor do FMI é condenado a 4 anos de cadeia na Espanha
    G7 aplaude ajustes econômicos do governo argentino e acordo com FMI
    Tags:
    transformação, prosperidade, economia mundial, investimento, exportações, Fundo Monetário Internacional, Christine Lagarde, Xangai, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik