07:48 15 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o presidente estadunidense, Donald Trump, posam para os fotógrafos após a assinatura do documento conjunto na cúpula histórica em Singapura, em 12 de junho de 2018

    'Não posso sair agora': Trump diz que quer se reunir com Kim após novembro

    © AP Photo / Susan Walsh
    Ásia e Oceania
    URL curta
    120

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta terça-feira (9) a repórteres que quer realizar sua próxima reunião com o líder norte-coreano Kim Jong-un logo após as eleições parlamentares de novembro.

    "Será depois das eleições", disse Trump após ser questionado sobre a reunião com Kim. "Eu simplesmente não posso sair agora", acrescentou.

    Trump disse que está muito ocupado fazendo campanha para os candidatos às eleições parlamentares dos EUA, marcadas para 6 de novembro.

    Ele ainda afirmou que de três a quatro locais diferentes estão sendo considerados para seu segundo econtro com Kim.

    O Departamento de Estado dos EUA disse que o secretário de Estado, Mike Pompeo, e Kim Jong-un tiveram uma discussão produtiva no domingo (7) sobre os quatro elementos contidos na declaração conjunta assinada por Trump e Kim.

    O compromisso foi assinado durante o primeiro encontro dos dois, em 12 de junho, em Singapura.

    Mais:

    Kim Jong-un decide se tornar amigo dos católicos
    Kim Jong-un chama inspetores para comprovar fim do polígono nuclear
    Pompeo e Kim acordam medidas para desnuclearização da Coreia do Norte
    Pompeo se prepara para mais um encontro com Kim Jong-un
    Tags:
    eleições de 2018 nos EUA, Departamento de Estado dos EUA, Kim Jong-un, Donald Trump, Mike Pompeo, Singapura, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik