01:51 15 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Soldado norte-coreano olha para o lado sul através de binóculos na vila fronteiriça de Panmunjom, na zona desmilitarizada que divide a Coreia do Norte e a Coreia do Sul, em 13 de abril de 2005

    Pyongyang acusa Washington de estar tramando 'operações secretas'

    © AFP 2018 / JUNG YEON-JE
    Ásia e Oceania
    URL curta
    7110

    Os meios de comunicação norte-coreanos acusam os Estados Unidos de tomarem medidas "hostis" em relação a Pyongyang, além de realizar "operações secretas".

    "Os EUA estão realizando ações sérias e hostis por trás da cortina de diálogo que está ocorrendo", denunciou o site estatal Uriminjokkiri, que publica notícias da agência de notícias KCNA.

    "Se as relações entre a Coreia do Norte e os EUA piorarem novamente, como no ano passado, e se a península coreana enfrentar a pior crise bélica, aqueles que devem assumir a total responsabilidade são aqueles que conspiram para [executar] tais esquemas militares", afirmou a agência sul-coreana Yonhap.

    Essa hostilidade é apresentada por meio de relatórios sobre a implementação de unidades especiais americanas no Japão, Filipinas e Coreia do Sul para participar de exercícios secretos direcionados à Coreia do Norte, de acordo com a publicação.

    As acusações surgiram dias depois de o chefe do Pentágono, James Mattis, dizer que os EUA não planejam suspender os futuros testes militares com a Coreia do Sul.

    "Estamos prestando mais atenção do que nunca às operações secretas dirigidas contra nós […] e estamos preparados para tomar todas as contramedidas necessárias contra isso", declarou a mídia norte-coreana.

    Durante a cúpula de 12 de junho, foi pedido que Washington cumprisse o acordo negociado entre os dois países.

    "Em vez de participar de uma loteria militar inútil, ela deve cumprir sua parte na implementação da histórica declaração conjunta da Coreia do Norte e dos EUA", destacou o site.

    Mais:

    Coreia do Norte liberta turista japonês suspeito de espionagem
    EUA são 'irresponsáveis': China não dificulta desnuclearização da Coreia do Norte
    EUA anunciam enviado especial para fiscalizar desnuclearização da Coreia do Norte
    Coreia do Norte parou ações para desmantelar arsenal nuclear, revelam especialistas
    Tags:
    acusações, hostilidade, secreto, operação, relações, James Mattis, Coreia do Sul, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik