18:03 28 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    001
    Nos siga no

    A China pediu à Coreia do Norte e aos Estados Unidos que continuem o diálogo sobre a desnuclearização da península coreana. O pedido veio após o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, cancelar sua viagem a Pyongyang.

    A declaração do governo chinês veio através do Ministério das Relações Exteriores da China, em um documento que apresenta o posicionamento do país para a próxima Assembleia Geral da ONU.

    Na sexta-feira (24), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, informou o pedido feito a Pompeo para que cancelasse sua viagem à Coreia do Norte devido ao progresso que considerou insuficiente no processo de desnuclearização da península coreana.

    "A China espera ver e apoiar diálogos e contatos mais estreitos entre as partes relevantes para demonstrar ainda mais a boa vontade e aliviar as tensões. A China espera que os EUA e a Coreia do Norte continuem a se envolver ativamente em interações, que se encontrem no meio do caminho e implementem o consenso alcançado pelos dois líderes em sua cúpula", divulgou o ministério na noite desta terça-feira (28).

    A situação na península coreana melhorou significativamente nos últimos meses, com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, tendo mantido vários encontros com o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, e também uma cúpula com Donald Trump, em Singapura.

    Durante o encontro, realizado no dia 12 de junho, Kim e Trump chegaram a um acordo que estabelecia que Pyongyang se desnuclearizasse em troca do congelamento dos exercícios militares entre os EUA e a Coreia do Sul, além de um eventual alívio das sanções econômicas impostas à Coreia do Norte.

    Mais:

    Mídia: China inicia construção de base de treinamento no Afeganistão
    Avalanche de cimento 'enterra' trabalhadores na China (IMAGENS FORTES)
    China é acusada de operar rede secreta de influência nos EUA
    Maior avião anfíbio do mundo passa com êxito por testes aéreos na China (FOTOS)
    Tags:
    China, EUA, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Singapura, Moon Jae-in, Kim Jong-un, Donald Trump, Mike Pompeo, Ministério das Relações Exteriores da China, ONU, guerra da coreia, tensão na península coreana, desnuclearização
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar