22:39 10 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira iraniana em frente do edifício da ONU

    Chanceler chinês diz que Pequim está 'pronta para fortalecer laços com Irã'

    © AP Photo / Ronald Zak
    Ásia e Oceania
    URL curta
    10291

    A China está pronta para aumentar e desenvolver a cooperação com o Irã e condena o uso de sanções unilaterais nas relações internacionais, declarou o ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, durante uma conversa por telefone com seu colega iraniano, Javad Zarif.

    "A China atribui grande importância às relações sino-iranianas e está pronta para continuar desenvolvendo uma cooperação mutuamente benéfica entre a China e o Irã", disse Wang, citado pelo Ministério das Relações Exteriores da China, acrescentando que Pequim se opõe ao uso de sanções unilaterais nas relações internacionais.

    A mensagem foi uma cutucada clara nos Estados Unidos, que escolheu deliberadamente sair do acordo nuclear iraniano (JCPOA). Em 7 de agosto, Washington reinstaurou o primeiro pacote de sanções contra o Irã, anteriormente suspenso sob o JCPOA assinado entre Teerã e os membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU e a Alemanha. 

    As sanções visam dificultar aquisição de notas bancárias em dólar no Irã, além de dificultar o comércio de ouro e outros metais, as transações relacionadas ao rial iraniano, além de limitar as atividades comerciais com outros países. Uma nova onda de sanções dos EUA ao setor de energia iraniano deve ser imposta em novembro, atingindo sobretudo as exportações de petróleo.

    Agradecendo a declaração do colega chinês, o chanceler iraniano Zarif disse que o Irã tem alta estima quanto ao papel da China na salvaguarda do JCPOA. O ministro iraniano também expressou prontidão para impulsionar a coordenação com todas as partes do acordo.

    Tags:
    sanções, Plano Conjunto de Ação Integral (JCPOA), Ministério das Relações Exteriores da China, Conselho de Segurança da ONU, Mohammed Javad Zarif, Wang Yi, Estados Unidos, Irã, Alemanha, China, Washington
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik