07:46 17 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Treinamentos antiterroristas em Tajiquistão

    Tajiquistão endurece leis contra o terrorismo

    © Sputnik / Aleksei Kudenko
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 0 0

    O Tajiquistão aumentou a pena por incitamento público a atos terroristas, elevando a pena de prisão para um máximo de 15 anos, segundo informou o serviço de imprensa do presidente do país em comunicado divulgado neste sábado (4).

    "O presidente do Tajiquistão, Emomali Rahmon, assinou um projeto de emenda ao Código Penal do país, endurecendo a punição por incitamento público ao terrorismo na Internet e a justificativas públicas de atividade terrorista em mídias sociais", aponta o comunicado divulgado pelo governo.

    Depois que o Código Penal alterado for publicado, uma pessoa que peça publicamente uma comissão de atos terroristas poderá ficar entre 10 e 15 anos de prisão.

    Antes da decisão, um acusado só poderia ser condenado por essas ofensas relacionadas ao apoio ao terrorismo a uma pena máxima de 10 anos de prisão.

     

    Mais:

    Mídia: Parlamento turco aprova controverso projeto de lei contra o terrorismo
    Política francesa sugere adesão da Rússia à OTAN para combater o terrorismo
    Rússia: EUA estão na Síria para combater terrorismo
    Ex-premiê Tony Blair pede que Reino Unido se una à Rússia contra o terrorismo
    Tags:
    terrorismo, Emomali Rahmon, Tajiquistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik