13:23 17 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Soldado norte-americano da Equipe de Combate da 4ª Brigada da 101ª Divisão Aerotransportada mantém a segurança durante treinamento de combate na Base Operacional Avançada Lightning, na província de Paktia, Afeganistão, 3 de outubro de 2013

    Dificilmente os EUA vão deixar Afeganistão, diz comandante do Exército

    © flickr.com/ U.S. Department of Defense Current Photos
    Ásia e Oceania
    URL curta
    110

    Na segunda-feira, o comandante geral do Exército dos Estados Unidos, general John Nicholson, disse que os EUA estão prontos para negociações diretas com o Talibã para encerrar a guerra de 17 anos no Afeganistão, uma grande mudança na política americana no país da Ásia Central.

    "Nosso secretário de Estado disse que nós, os Estados Unidos, estamos prontos para conversar com o Talibã e discutir o papel das forças internacionais", disse Nicholson, que lidera a missão de apoio liderada pela Otan.

    "Esperamos que eles percebam isso e que isso ajude a avançar o processo de paz", acrescentou.

    Os EUA há muito insistem em que o governo afegão participe das negociações de paz; no entanto, o Talibã disse que é o único envolvido no Afeganistão que lidará com os EUA.

    Tags:
    tropas, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik