10:59 24 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o presidente estadunidense, Donald Trump, passeiam pelo pátio do hotel Capella após o almoço de negócios, durante a cúpula histórica em Singapura, em 12 de junho de 2018

    Em carta a Trump, Kim Jong-un comemora 'progresso épico' nas relações bilaterais

    © AFP 2018 / Saul Loeb
    Ásia e Oceania
    URL curta
    330

    Grande progresso foi alcançado no relacionamento entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte, e isso resultará em futuros encontros entre os dois países, escreveu o líder norte-coreano Kim Jong-un em uma carta endereçada ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, divulgada nesta quinta-feira.

    "Na esperança de que a invariável confiança em Vossa Excelência, Senhor Presidente, seja ainda mais fortalecida no futuro processo de adoção de medidas práticas, estendo a minha convicção para o fato do progresso épico na promoção das relações entre EUA e Coreia do Norte resulte em uma próxima reunião", escreveu Kim.

    Kim disse acreditar que a vontade, os esforços e a abordagem única adotada por ele e Trump proporcionarão um novo futuro para os Estados Unidos e a Coreia do Norte.

    Trump e Kim se reuniram no dia 12 de junho em Singapura e assinaram um acordo de desnuclearização de Pyongyang, em troca do congelamento dos exercícios militares na Coreia do Sul e do eventual alívio das sanções contra o país asiático.

    O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, visitou a Coreia do Norte na semana passada para acompanhar o cumprimento do acordo de Singapura, e declarou que Pyongyang confirmou seu compromisso com a desnuclearização.

    No entanto, o ministério de Relações Exteriores da Coreia do Norte classificou as conversas com Pompeo em Pyongyang de "lamentáveis".

    Mais:

    EUA não pretendem aliviar sanções contra a Coreia do Norte, diz secretário
    Chancelaria da Coreia do Norte se diz 'desapontada' com encontro com Mike Pompeo
    Pompeo fala em progresso no diálogo com Coreia do Norte
    Coreia do Norte diz que desnuclearização pode falhar após conversas com EUA
    EUA e Coreia do Norte criam 'grupo de trabalho' para acertar desnuclearização
    Tags:
    desnuclearização, relações bilaterais, Mike Pompeo, Donald Trump, Kim Jong-un, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik