14:42 23 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Visão aérea mostra o resgaste de um morador de área submersa por enchente em Kurashiki, região sul do Japão

    Desastre no Japão já soma 122 mortos

    © REUTERS / Kyodo
    Ásia e Oceania
    URL curta
    140

    O número de mortos em consequência de volume recorde de chuvas que devastaram partes do Japão subiu para 122 pessoas, segundo informa o governo nesta segunda-feira (10).

    Dezenas de pessoas ainda estão desaparecidas e equipes de resgate, incluindo policiais e soldados, estão trabalhando para encontrar sobreviventes e vítimas, já que as águas das enchentes começam a diminuir.

    O número é o pior em um desastre relacionado à chuva em um período de mais de três décadas, segundo a agência AFP. O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, cancelou uma viagem devido ao incidente natural e deve visitar os locais atingidos ainda esta semana.

    A proporção do desastre ainda está sendo medida, e as equipes de resgate começam agora a alcançar áreas isoladas por inundações ou deslizamentos de terra.

    Centenas de pessoas foram retiradas de telhados onde procuraram abrigo, à medida que as águas das inundações aumentavam.

    O governo disse que mais de 70 mil funcionários, incluindo policiais, bombeiros e soldados, foram mobilizados para procurar sobreviventes ou vítimas.

    Mais:

    Marinhas da Rússia e Japão realizam treinamento militar conjunto em Maizuru
    Tufão no Japão deixa ao menos 11 mortos e vários desaparecidos (VÍDEO)
    Na guerra comercial China poderá sofrer o mesmo destino do Japão?
    Tags:
    desastre, chuva, enchente, Shinzo Abe, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik