04:31 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira da China

    China está preparada para 'atacar de volta' os EUA, afirma Xi Jinping

    CC0 / Pixabay
    Ásia e Oceania
    URL curta
    2190

    O presidente chinês, Xi Jinping, está pronto para batalha comercial com os EUA. Ao menos, isso se lê nas palavras do mandatário pronunciadas em uma recente reunião privada com executivos de empresas multinacionais.

    A reunião aconteceu em 21 de junho, quando Xi se encontrou com 20 diretores-executivos de empresas multinacionais com sedes nos EUA e na Europa, informa o diário The Wall Street Journal.

    Segundo fontes privadas do jornal, o presidente asiático afirmou que na cultura chinesa é tradicional "atacar de volta".

    "No Ocidente existe uma noção de que se alguém lhe golpeia na face esquerda, você oferece a outra face", reparou, adicionando: "Na nossa cultura, atacamos de volta."

    No dia 15 de junho, o presidente norte-americano, Donald Trump, começou a sobretaxar parte dos 50 bilhões de dólares (188,4 bilhões de reais) em produtos chineses.

    Além disso, na medida em que a China já respondeu com a taxa de 25% sobre 659 produtos norte-americanos, Trump ameaçou introduzir novas restrições contra importações do país asiático por valor de 200 bilhões de dólares (753,7 bilhões de reais).

    Na quinta-feira passada (21), Pequim anunciou estar totalmente preparada para responder com instrumentos "quantitativos" e "qualitativos" se Washington aprovar novas tarifas.

    Mais:

    Rússia, China e Índia podem isolar EUA com tarifas comerciais, diz especialista
    Na guerra comercial China poderá sofrer o mesmo destino do Japão?
    China libera bilhões para conter efeitos de tarifas dos EUA
    Tags:
    impostos, tarifas, golpe, guerra comercial, Xi Jinping, China, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik