15:28 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Taro Kono, ministro do Exterior japonês

    Chanceler do Japão nega possibilidade de cúpula com a Coreia do Norte

    © REUTERS / Kim Kyung-Hoon
    Ásia e Oceania
    URL curta
    321

    O Japão não está procurando oportunidades de diálogo direto com a Coreia do Norte depois de relatos de acordos sendo feitos para uma cúpula entre seus dois líderes neste ano, disse seu ministro das Relações Exteriores.

    "Os contatos entre o Japão e a Coreia do Norte estão sendo feitos por vários canais. O diálogo do primeiro-ministro com a Coreia do Norte não é um objetivo em si. Uma cúpula deve ter como objetivo resolver um problema. No momento, não estamos considerando diálogo de alto-nível diplomático", disse Taro Kono.

    Mais cedo na quarta-feira (13), a imprensa japonesa informou, citando fontes do governo, que uma cúpula entre o primeiro-ministro japonês Shinzo Abe e o líder norte coreano, Kim Jong-un, poderá ocorrer em setembro nos durante o Fórum Econômico Oriental na cidade portuária de Vladivostok, na Rússia.

    O ministro Kono também teria afirmado que só poderia normalizar as relações com os norte-coreanos e fornecer apoio econômico após uma solução ter sido alcançada em relação à questão nuclerar da Coreia do Norte. As declarações do ministro foram feitas nesta quinta-feira (14) após encontro com o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e também com a chanceler da Coreia do Sul, Kang Kyung-wha.

    Mais:

    Sanções não serão retiradas até 'completa desnuclearização' da Coreia do Norte, dizem EUA
    Contrabandistas da Coreia do Norte navegaram em Singapura durante Cúpula de Kim e Trump
    Trump: 'Não há mais ameaça nuclear por parte da Coreia do Norte'
    Secretário dos EUA revela quando espera ver a Coreia do Norte sem armas nucleares
    Kim Jong-un disse em reunião que EUA e a Coreia do Norte devem parar com provocações
    Apesar do acordo, sanções estadunidenses contra Coreia do Norte continuam em vigor
    Tags:
    Taro Kono, Estados Unidos, Coreia do Norte, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik