02:46 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Uma televisão instalada em uma rua de Tóquio mostra o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, no dia em que Pyongyang lançou um míssil em direção ao Japão

    Mídia: Kim Jong-un teme ser assassinado em Singapura

    © REUTERS / Issei Kato
    Ásia e Oceania
    URL curta
    9130

    Que razões poderia ter o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, para não assistir à próxima reunião com Trump em Singapura? Parece que os EUA já sabem a resposta.

    Segundo afirmam fontes norte-americanas próximas da organização do evento, citadas pelo canal Bloomberg, Kim Jong-un teme ser assassinado durante a cúpula com o presidente dos EUA, Donald Trump, que será realizada em 12 de junho em Singapura.

    Em qualquer caso, as autoridades de Singapura fornecerão quatro veículos blindados BMW 760 Li com proteção contra balas, explosivos e granadas para garantir segurança de ambos os presidentes.

    Espera-se que Trump e Kim tenham seu primeiro encontro em 12 de junho às 9:00 da manhã, horário de Singapura, no Hotel Capella, na ilha de Sentosa.

    As tensões entre os Estados Unidos e Coreia do Norte, que vinham crescendo em tom de ameaças de guerra, arrefeceram significativamente este ano. Isso devido aos encontros bilaterais entre os líderes das duas Coreias, Kim Jong-un e Moon Jae-in. Desde então a diplomacia prevalece entre o Norte e os EUA, e o encontro é dado como certo.

    Mais:

    Especialista: Kim Jong-un nunca 'se porá de joelhos' frente aos norte-americanos
    Trump pode levar Kim Jong-un para um encontro em Mar-a-Lago?
    EUA estão em alerta por possível encontro de Bashar Assad e Kim Jong-un
    Por que Kim Jong-un demite altos cargos militares nas vésperas do encontro com Trump?
    Tags:
    Singapura
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik