17:51 22 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Chanceler russo, Sergei Lavrov, durante encontro com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, em Pyongyang

    Kim Jong-un: 'Aprecio que Putin se opõe à hegemonia dos EUA'

    © Sputnik / TASS/Pool/Valeriy Sharifulin
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1270

    O líder norte-coreano, Kim Jong-un, afirmou, nesta quinta-feira (31), "apreciar a atitude" do presidente russo, Vladimir Putin, de "se opor à hegemonia dos EUA".

    "Aprecio que o governo de Putin se opõe à hegemonia dos EUA. Estamos sempre prontos para negociar com a parte russa quanto à unificação profunda", assinalou o líder norte-coreano durante uma reunião em Pyongyang com o chanceler russo Sergei Lavrov. Da mesma forma, Kim Jong-un declarou que "a situação na península coreana está mudando rapidamente em prol das negociações".

    O mandatário norte-coreano destacou também que esta visita "é uma prova da disposição da Rússia de ampliar e aprofundar seus laços com a Coreia do Norte".

    Por sua vez, Lavrov assegurou que Moscou "está interessada na paz, estabilidade e prosperidade na península coreana e no Nordeste da Ásia". 

    O chanceler frisou também que o presidente russo "aprecia muito a declaração" firmada recentemente por Kim Jong-un e o líder da Coreia do Sul, Moon Jae-in, e que a Rússia "está pronta para contribuir para sua implementação".

    O diplomata russo aproveitou a ocasião para convidar o líder norte-coreano à Rússia, uma vez que Kim Jong-un enviou uma "saudação calorosa" ao presidente Vladimir Putin.

    Durante sua visita, Sergei Lavrov se encontrou também com seu homólogo norte-coreano, Ri Yong-ho. 

    "Reafirmamos nosso compromisso em operar mais estreitamente com a Coreia do Norte para abordar todas as tarefas bilaterais e internacionais", assegurou o chanceler russo.

    Tags:
    colaboração, encontro, Kim Jong-un, Sergei Lavrov, Vladimir Putin, Coreia do Norte, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik