10:38 21 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    O presidente chinês Xi Jinping conta o hino nacional em um evento comemorativo do 200º aniversário de nascimento de Karl Marx, em Pequim, China.

    Manuscrito de Karl Marx é vendido a mais de R$1,6 mi em leilão na China (FOTO)

    © AP Photo / Jason Lee
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1161

    Uma única página de um manuscrito assinado pelo filósofo alemão Karl Marx foi vendido mais de R$1,6 milhão em um leilão na China.

    A página do manuscrito foi fornecida para leilão pela empresa local Feng Lun, de acordo com Chinanews.com. Não se sabe como Feng obteve o manuscrito.

    O documento fazia parte de mais de 1.250 páginas de anotações do filósofo e economista alemão durante o período em que esteve em Londres, entre setembro de 1850 e agosto de 1853. As anotações eram parte de um rascunho do "O Capital: Crítica da Economia Política" de Marx, seu famoso texto teórico fundamental publicado em 1867.

    A página também incluiu trechos do livro "Tratado Prático sobre Bancos", do banqueiro britânico James William Gilbart, que Marx referencia em "O Capital". As notas do manuscrito foram escritas em inglês e alemão, de acordo com a empresa de leilões internacionais do Conselho de Pequim.

    Segundo o jornal chinês The People's Daily, o lance para a página do manuscrito começou em cerca de US $ 50.000 (cerca de R$181 mil), mas apenas 10 minutos depois, o manuscrito foi vendido por impressionantes US $ 455.000 (R$1,65 mi). O lance de fechamento foi muito maior do que a avaliação pré-venda do manuscrito entre US $ 156.000 e US $ 187.000.

    Durante o mesmo leilão, um manuscrito de Friedrich Engels, outro filósofo alemão que também contribuiu para a teoria marxista, foi vendido por cerca de US $ 261.000 (R$949 mil).

    Esta é a primeira vez que os manuscritos desses dois pensadores influentes foram leiloados. O leilão aconteceu poucas semanas depois de a China ter celebrado o 200º aniversário do nascimento de Marx em 5 de maio, com uma cerimônia no Grande Salão do Povo em Pequim. A comemoração incluiu um discurso do presidente chinês Xi Jinping.

    Tags:
    Grande Salão do Povo, O Capital, Tratado Prático sobre Bancos, Feng Lun, Conselho de Pequim, The People's Daily, James William Gilbart, Friedrich Engels, Karl Marx, Pequim, Londres, Alemanha, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik