10:54 23 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Soldado sul-coreano passando por uma TV que está mostrando fotos do Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e do líder norte-coreano, Kim Jong-un

    Pyongyang indica possível motivo para abdicar das negociações com Washington

    © AP Photo / Ahn Young-joon
    Ásia e Oceania
    URL curta
    15250

    Pyongyang não tem interesse em participar das negociações com Washington se, ao invés de buscarem melhorar as relações bilaterais entre os dois países, os EUA se concentrarem exclusivamente na questão de desnuclearização da península coreana, afirmou o vice-ministro das Relações Exteriores norte-coreano, Kim Kye-gwan.

    "Se a administração de [presidente norte-americano, Donald] Trump chegar às negociações de mais alto nível entre os EUA e a Coreia do Norte com sincero interesse de melhorar as relações entre a Coreia do Norte e os EUA, daremos resposta positiva", assinalou o primeiro vice-ministro das Relações Exteriores do país, citado pela agência Yonhap.

    Contudo, o funcionário advertiu que Pyongyang pode perder interesse no diálogo se não ouvir nada além de exigências unilaterais da desnuclearização.

    "Não teremos nada mais a fazer a não ser reconsiderar nossa participação nas futuras negociações de mais alto nível entre a Coreia do Norte e os EUA", acrescentou.

    De acordo com a agência estatal norte-coreana KCNA, no dia 15 de maio, Pyongyang advertiu que poderia cancelar a reunião entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o presidente dos EUA Donald Trump, agendada para 12 de junho, devido às manobras militares levadas a cabo entre Washington e Seul.

    Anteriormente, Pyongyang cancelou reunião com Seul, marcada para 16 de maio.

    Donald Trump e Kim Jong-un devem se encontrar em Singapura no dia 12 de junho para tratar a desnuclearização da península coreana, bem como a normalização das relações.

    Mais:

    EUA terão de garantir que Kim não deixará o poder na Coreia do Norte, diz Pompeo
    Coreia do Norte inicia desmantelamento de seu complexo nuclear
    Coreia do Norte está pronta para aderir à proibição de testes nucleares
    Tags:
    negociações, Donald Trump, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik