00:20 28 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Lançamento de míssil balístico da Coreia do Norte

    Pyongyang anuncia data precisa de fechamento do seu maior polígono nuclear

    © REUTERS / KCNA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    18102

    O Comitê Central do Partido dos Trabalhadores da Coreia decidiu que o polígono nuclear norte-coreano, Punggye-ri, será fechado entre 23 e 25 de maio, comunica a mídia local.

    Planeja-se destruir por completo a entrada no polígono e as instalações adjacentes. Além disso, todos os investigadores e guardas também serão retirados do território.

    Segundo comunica a KCNA, o evento contará com a assistência de jornalistas da Coreia do Sul, China, EUA, Reino Unido e Rússia.

    Para mais, outras mídias, por exemplo a Yonhap sul-coreana, referem que Pyongyang reduziu significativamente a envergadura das suas competições anuais de unidades de blindados.

    Um dos momentos mais marcantes foi inclusive a ausência do líder norte-coreano, Kim Jong-un, neste evento, embora este tenha a tradição de comparecer em tais eventos militares.

    "Na semana passada, o exército da Coreia do Norte realizou competições das suas unidades de blindados. Segundo os nossos cálculos, o número de subunidades participantes e de equipamentos se reduziu muito em relação ao ano passado. Viemos a saber que Kim Jong-un não compareceu", informa a agência, citando uma fonte no governo sul-coreano.

    A competição costuma ser realizada na primeira metade do ano nos territórios fronteiriços entre as Coreias. Ela é, de fato, uma imitação de operações militares e as maiores manobras de unidades mecanizadas do exército norte-coreano.

    Mais:

    Chefe do Pentágono e chanceler da Coreia do Sul analisam relações entre Seul e Pyongyang
    EUA: Coreia do Norte terá um futuro de 'paz e prosperidade' se abandonar armas nucleares
    Coreia do Norte e China: aliança que reivindica redução de influência dos EUA na região?
    Tags:
    polígono de testes, armas nucleares, Kim Jong-un, Coreia do Sul, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik